PESSOAL X PROFISSIONAL - O QUE COLOCAR NA MINHA REDE?

Atualizado: Ago 16





Muito se fala sobre este tema, mas a verdade é que pouco se esclarece sobre ele e cada vez é mais comum encontrar pela internet perfis extremamente bizarros.

Há empresas que têm a praxe de expor fotos de seus funcionários, sócios e diretores - até ai

nem um problema, pois é importante sempre humanizar as organizações e mostrar que por

trás delas há pessoas que se esforçam pelos resultados - no entanto, por diversas vezes

encontramos situações que geram uma sensação de incomodo e desconforto.





Então qual o limite entre a vida profissional e a pessoal? Como humanizar sem se expor

demais?


O primeiro agrupamento de questionamentos que você deve pensar é: o quanto quero

mostrar às pessoas da minha vida pessoal? Necessariamente tenho que expor meus

familiares? Devo mostrar minha rotina na academia? Preciso mostrar-me em uma festa?

O segundo conjunto de indagações é: quais as mensagens que as pessoas entenderão a partir disso que estou colocando, se for possível elas entenderem mais de um tipo de conotação pense em outra situação, troque de foto ou contexto. É imprescindível que a mensagem fique clara.


Não apele para a aparência física, ao final do dia o mais relevante é o conteúdo. Claro que se você é modelo ou digital de influencer de moda, fitness e similares sua realidade é outra, para aqueles que não são, apelar para aparência atrai seguidores indesejados, difíceis de se

tornarem compradores e que podem fazer comentários desagradáveis.



Busque sempre estar arrumada(o) como se fosse para o trabalho, sem maquiagem exagerada,roupas muito apertadas e/ou decotados ou barba desleixada.

Você não precisa se encaixar em padrão, se você tem tatuagens ou um cabelo com estilo incomum, não precisa esconder, só adapte de uma forma que se encaixe com aquele mercado no qual você quer entrar.



O terceiro passo é com que frequência postarei algo sobre minha vida pessoal e porque farei isso (novamente a importância da mensagem).

Dentro da sua organização de postagens você deve estabelecer uma frequência. Exemplo? Todo mês colocarei uma foto minha fazendo trabalho voluntário com o intuito de incentivar as pessoas a fazerem o mesmo e que elas enxerguem meu negócio como algo que acredita na mudança.


É importante lembrar de outra situação, caso você não queira misturar o seu perfil pessoal e

profissional, você pode fazer dois perfis distintos. Obviamente no profissional você passará

mensagens referente a sua empresa e no pessoal você pode ficar mais à vontade para postar coisas sobre sua vida, mas sempre com muito cuidado. Se você quer se tornar uma pessoa pública é necessário saber que deve existir limites, os limites não precisam ser somente em relação a personalidade, posição política, etc, mas algumas vezes é necessário para sua própria segurança. Em alguns casos as pessoas não querem ver intimidades suas, principalmente quando você tem um seguimento que não condiz com determinado tipo de atitude ou comportamento, algumas vezes elas querem, mas isso pode resultar em um marketing negativo, então a melhor coisa é limitar as informações.





5 visualizações
  • Instagram
  • YouTube

©2019 por Intera.